Se não têm grandes conhecimentos de SEO ou Search Engine Optimization, este post é ideal para si. Assim que o nosso curso de SEO estiver disponível no nosso site, poderá aprender muito mais sobre a matéria, mas no post de hoje resolvi fazer uma pequena lista de termos de SEO que deveria conhecer para que possa, mais facilmente, implementar as estratégias necessárias para melhorar o posicionamento do seu site no Google.

1. SEO

SEO ou Search Engine Optimization é uma palavra inglesa que significa otimização para os motores de busca. De forma prática, SEO é o conjunto de estratégias que fazem com que um site apareça nos resultados de pesquisa para uma ou mais palavras-chave.

2. On-page SEO

Todas as estratégias de SEO realizadas no site em si, ou “na página”. Estas incluem a estrutura do site, velocidade de carregamento, títulos, descrições, o conteúdo, estrutura de URLs, entre muitas outras. Abordaremos algumas destas estratégias com mais detalhe não só ao longo deste post como também no conteúdo que temos preparado para si.

3. Off-page SEO

Todas as estratégias de SEO realizadas “fora do site”. Uma das principais estratégias de off-page SEO é a criação de links ou link building, visto que é um fator muito importante no algoritmo dos motores de busca.

4. Keyword

Uma keyword ou palavra-chave é simplesmente uma frase ou termo de pesquisa utilizada pelos utilizadores dos motores de busca.

5. Links ou Backlinks

Um link tanto pode ser inbound como outbound, e um link não passa de uma ligação entre páginas. Se a página A tem uma ligação para a página B, diz-se que a página B tem um link ou backlink da A. Isto aplica-se tanto a páginas do mesmo site ou de outros.

6. Inbound Link

Um inbound link é um link ou ligação na qual a página de origem e destino encontram-se no mesmo site.

7. Outbound Link

Um outbound link é um link ou ligação de um site para outro site, tendo um domínio diferente.

8. Anchor-Text

O anchor-text, conhecido também por texto-ancora, é o texto do link ou ligação. Por exemplo, se eu tiver uma palavra “Google” com uma ligação para o http://www.google.com o anchor-text é “Google”.

9. Link Building

O processo de construção de links para o seu site. Este processo pode ser orgânico, caso outros sites façam um link voluntario para o seu site, ou de forma não orgânica, onde o dono do site desenha uma estratégia para aumentar o número de links para o seu site. Gerar links de qualidade é muito importante, sendo um dos fatores mais importantes para posicionar o seu site nas primeiras páginas de pesquisa do Google.

10. No-follow Link

Já introduzi o conceito do link, e como referi anteriormente, os links são uma parte muito importante do algoritmo da grande maioria dos motores de busca online, especialmente motores como o Google ou Bing. Um link no-folllow não passa o valor do link, e o algoritmo do motor de busca passa a ignorar esse link para efeitos de posicionamento.

11. Do-follow Link

Ao contrário dos no-follows, estes links passam valor e motores de busca como o Google utilizam esse link para os seus cálculos de posicionamento. Por defeito, os links são do-follow.

12. Sinais Sociais

Quanta partilha um site, vídeo, imagem, artigos de blog nas redes sociais passa a adquiri um sinal social. Não passa de um número e de uma prova de interação com o conteúdo pelo seu público-alvo. O QuickSprout realizou uma experiência e deparou-se com um aumento de posicionamento do site até 15%, no entanto não deixa de ser um tópico muito debatido.

13. PageRank ou PR

O PageRank é uma métrica desenvolvida pelo Google há muitos anos que nos permitia perceber, numa escala de 0-10, qual a autoridade que o principal motor de busca do mundo dava a uma página. Este valor era atualizado com alguma regularidade mas deixou de o fazer desde 2013, perdendo assim a sua importância.

14. Domain Authority (pelo Moz)

Quando profissionais de SEO falam de DA ou Domain Authority, estão a referir-se á métrica desenvolvida pelo Moz (uma das maiores empresas de software para SEO), que pretende avaliar a autoridade do site como um todo mediante uma série de características tanto “na página” como “fora do site”.

15. Page Authority (pelo Moz)

Page Authority ou PA é uma outra métrica desenvolvida pelo Moz, e que avalia a qualidade e autoridade de uma página do site, em vez do site como um todo, tal como o DA. Tanto o DA como o PA estão numa escala de 1-100.

16. Trust Flow (pelo Majestic)

O TF ou Trust Flow é uma métrica desenvolvida por uma outra empresa de SEO, o Majestic. O TF pretende avaliar a qualidade dos links que apontam para um determinado site, página ou URL. Um TF alto significa que, de acordo com o Majestic, o site tem links de muita qualidade.

17. Citation Flow (pelo Majestic)

O CF ou Citation Flow, também desenvolvido pelo Majestic, faz uma avaliação baseada na quantidade de links que apontam para um site.

18. Click-Through Rate (CTR)

O CTR é um rácio muito utilizado em marketing digital e calcula-se através da divisão do número de pessoas que clicam num link sobre o número de visualizações que esse mesmo link teve. Normalmente um CTR alto, significa que o título e descrição do site apresentado nos motores de busca, gera muito interesse por parte dos utilizadores.

19. META Title

Dependendo do construtor de site ou CMS que utiliza, o título de um artigo ou página será automaticamente o META Title também. É importante que defina o seu META Title para que os motores de busca saibam o tópico principal do conteúdo no seu site.

20. META Descrição

É essencialmente a descrição da página ao site que é colocada por baixo do título e URL de uma páginas nos resultados de pesquisa do motor de busca.

21. META Keywords

A codificação das palavras-chave em META Data tem perdido importância, e o Google confessou que não as utiliza como um sinal de posicionamento do site, no entanto continua a ser um tema frequentemente debatido.

22. ALT Tags

São muito importantes para a otimização das imagens. Todas as suas imagens devem incluir o ALT Tag que esteja relacionado com o conteúdo da imagem.

23. Geo Tags

Estes tags são especialmente importantes para empresas que ofereçam serviços locais. Por exemplo, se desejar aparecer para a palavra-chave “advogados Lisboa”, deverá incluir os Geo Tags nas suas imagens com as coordenadas de GPS da sede da empresa.

24. Citações

São na prática referências do seu site pela web. A construção de citações é uma estratégia muito utilizado para empresas locais, de forma a criar páginas em sítios como as Páginas Amarelas ou o YELP, e aumentar o número de citações da empresa na internet. Estas citações devem incluir sempre o seu NAP.

25. NAP

NAP ou Name Address Phone significa Nome, Morada, Telefone. Estes 3 dados da sua empresa devem ser apresentados e publicados na internet todos da mesma forma. Seja a citação nas páginas amarelas ou no Facebook.

Espero que este post tenha sido útil, especialmente para quem está a dar os primeiros passos no mundo do SEO. Com o nosso curso de introdução a SEO e com os posts que iremos partilhar no futuro ficará com uma ideia melhor do significado e relevância de todos estes termos no desenvolvimento de uma estratégia de SEO.

Como sempre, se tiver alguma dúvida ou observação que queira fazer não hesite em deixar o seu comentário.

mm

Sobre Gonçalo Costa

Co-fundador e CEO da Costa Marketing, empresa de web design e marketing digital fundada em Inglaterra, por dois empreendedores portugueses. Ajudamos empresas em todo o mundo a estabelecerem uma forte presença online.

Pin It on Pinterest

Shares
Share This